20 Oct 2019

Please reload

Posts Recentes

Porque os X-Men e Quarteto Fantástico devem voltar para a Casa das Idéias.

5 Jun 2015

 

 

Tive a infelicidade de encontrar essa manhã, um texto em que são citados 10 motivos para os X-Men e o Quarteto Fantástico continuarem sendo produzidos pelo Estúdio 20th Century Fox. Não vou agregar grandes informações para os fãs incondicionais como eu, mas esclarecer aos fãs dos filmes, trazendo informações sobre os filhos do átomo. 


Lamento informar aos admiradores do longa, que o que vocês assistiram até hoje foi qualquer coisa, menos X-Men. Os números das produções da Marvel no cinema, em relação a lucros e a posição das melhores bilheterias de todos os tempos, já é mais que suficiente para não questionar a forma com que ela lida com suas criações. Não estou dizendo que os filmes dos X-Men são fracassos de bilheteria, a não ser que você leve em conta que o carro chefe dos quadrinhos da Marvel, sempre foram o Homem Aranha e os X-Men e que a Marvel com seus super heróis de "segunda e terceira linda" bateram feio na "turma do Wolverine no cinema". 


    Sou colecionador de quadrinhos de super heróis a 38 anos, fã incondicional, historiador e estou escrevendo dois livros da cronologia dos X-men nos quadrinhos. 


    Baseado em fatos e não somente na minha indignação venho aqui lhes trazer 10 motivos (e poderiam ser muito mais) para Quarteto e X-Men voltarem rapidamente para sua casa: 


1° O "primeiro X-Men", líder supremo do grupo, Ciclope nunca foi um idiota. A extraordinária capacidade de seus raios ópticos em ação, orientação espacial e inteligência sequer foram explorados no cinema.

 

 

2°Bobby Drake, o Homem de Gelo na cronologia do cinema, está fora de seu tempo, aparece como um adolescente e não possui a personalidade do personagem original.

 

 

3°O personagem Vampira, (também fora de seu tempo) aparece como uma adolescente frágil, medrosa e apaixonada pelo Wolverine (meu Deus). Na verdade ela adere ao grupo já adulta, é super forte, invulnerável, pode voar e sua primeira e grande paixão na equipe foi o francês Gambit.

 

 

4°O arremedo de Juggernaut no cinema é um "mutante" (Jesus Cristo!), e nos quadrinhos o que dá poder ao Fanático é o rubi Cyttorak. Portanto seu poder é místico. 

 

5°O personagem Colossus, (o mais forte da equipe) jamais abandonaria Wolverine para enfrentar as forças armadas de Stryker sozinho na mansão X, pois tem um forte sentimento fraterno por seus amigos de equipe, aliás sua presença na escola não poderia ser justificada, pois já adulto e possuidor de um poder tão importante, porque não estava fazendo parte da equipe efetiva?

 

 

6°O Fera é super forte, super ágil, bestial e não se parece com um ursinho Gummi.

 

 

7°Nada poderia justificar um Magneto decrépito e tão velho como o que é mostrado nos filmes (nada contra o gênio Sir Ian McKellen), mesmo porque o personagem regrediu 30 anos de sua idade original, em uma aventura dos anos 70 e esse fato foi mantido.

 

8°O vilão Piro não é um adolescente, e o mutante Blob não é apenas grande e gordo, ele é inteligente, arrogante e super forte.

 

 

9°A Jean Grey do cinema visivelmente mais velha que a original, (e isso minuciosamente arquitetado para ser par romântico com o ator Hugh Jackman, induzindo o público a normalmente visualizar os dois como um casal, que funcionária melhor, do que com o jovem Ciclope) não tem a personalidade da original, a beleza juvenil e seus poderes são medíocres.

 

 

10°A entidade Fênix, (uma das criaturas mais poderosas do universo Marvel) no longa é muito mais arrogante  que poderosa,na verdade nunca foi a Jean Grey e de todos os X-Men (inclusive Wolverine) que ela certamente detonaria com um sopro, os únicos que  realmente não faria mal, seria Ciclope e o professor X, justamente quem ela virtualmente mata nos filmes.

 

 

Nada nos filmes dos X-Men (da Fox) é respeitado da criação original dos quadrinhos. Tempo, personalidade, poderes, cronologia, valores e conceitos. E pra não falar que é 100% ruim, podemos salvar o rosto do ator Hugh Jackman e o ator Patrick Stewart (que é o próprio próprio professor Xavier) e jogar todo o resto fora.    E se você vier me falar de adaptação, é só assistir o Demolidor da Netflix, e o que a própria Fox fez com o personagem no filme de 2003.

 

Aguardem a avaliação do Quarteto Fantástico.

 

Tags:

Please reload

© Copyright 2018 Estúdio MaSam.