20 Oct 2019

Please reload

Posts Recentes

A Polêmica do Tocha Humana Negro.

27 May 2015

 

 

Acompanhamos hoje uma enxurrada de críticas, comentários e racismos envolvendo o novo Tocha Humana do filme "Quarteto Fantástico" (que tem lançamento previsto para agosto de 2015). Racismo nunca é uma atitude que iremos apoiar. Intolerância de qualquer maneira menos ainda. Antes que algum espertinho me acuse de racismo eu já aviso: Sou neta de negro. E tenho orgulho disso. 

 

Vamos ao ponto.  

 

A questão que vamos abordar aqui hoje não é sobre o talento do ator Michael B. Jordan. Não é o fato de a 20th Century Fox ter alterado a etnia de um personagem originalmente caucasiano. O que vamos abordar é a falta de respeito que a Fox tem com os fãs de quadrinhos.  

Nós aqui no site somos fãs de quadrinhos antes de ser fãs de cinema. Sabemos como funciona a mecânica de adaptação de uma HQ para a telona. E se a Fox achou que deveria mudar a etnia do Johnny Storn a gente entende. E concorda que a realidade em que a HQ foi escrita há 50 anos atrás mudou muito. Temos que ter mais grandes personagens negros, assim como deveríamos ter mais personagens gays (vide o Colossus, dos X-Men, que no universo Ultimate é gay), mas a questão é que a Fox esta alterando drasticamente a origem e a historia de um grupo de personagens. Se a vontade deles era que o Tocha Humana fosse negro, por que não escolher também uma atriz negra para viver a Sue Storn, ao invés de coloca-los como irmãos adotivos?  Não seria ai uma solução mais feliz?  

 

Temos personagens importantes que depois de muito tempo sendo retratados como caucasianos nas HQs foram alterados. Maior exemplo disso é Nick Fury, que era caucasiano, mas no universo Ultimate é negro (ele foi baseado no Samuel L. Jackson), e para quem não lê HQ, ou as lê a pouco tempo, o Nick Fury sempre foi negro. E temos também, claro, personagens de outras etnias que em suas adaptações foram interpretados por atores caucasianos (vide Eben Olemaun, de 30 Dias de Noite que no filme foi vivido por Josh Hartnett, apesar do personagem ser um esquimó da tribo inuíte). Poderia citar vários personagens... 

 

Mas o caso é que não interessa se o Tocha é negro, branco, cor de rosa... O que me deixa triste com esse filme é que os personagens e os fãs não são respeitados pela Fox, que por deter os direitos de personagens importantes da Marvel se acha no direito de fazer qualquer coisa. Assim como eles têm feito com os X-Men há anos. 

O que a Fox esta fazendo com o Quarteto Fantástico e com os X-Men não é adaptação. É pegar personagens bons, com histórias incríveis e os transformar em coisas irreconhecíveis aos fãs por achar que podem mudar histórias e personalidades que vêm sendo contadas há 50 anos.  

Talvez a Fox se ache no direito de estragar a obra do mestre Stan Lee. A questão não é a etnia do personagem, é a Fox estar errando tanto que a Marvel cancelou a HQ do Quarteto Fantástico.  

 

E, por fim, fica o apoio do MaSam ao ator Michael B. Jordan, que não merece ser atacado dessa maneira por gente racista.

 

 

Please reload

© Copyright 2018 Estúdio MaSam.